Principal Graduação
Graduação Tecnológica
A graduação tecnológica é um tipo de curso de educação profissional superior do sistema educativo brasileiro. Podem ingressar num curso de graduação tecnológica os titulares de um diploma de ensino médio. Os cursos têm uma duração média de dois anos e pela sua conclusão com aproveitamento é conferido um diploma de graduação e atribuído o título de tecnólogo. O tecnólogo pode concorrer a concursos públicos para vagas de nível de graduação.
Por ser uma formação de nível superior, o egresso dos cursos de Graduação Tecnológica, estão habilitados a cursar pós-graduação - MBA, Mestrado ou doutorado.
A graduação tecnológica situa-se no contexto da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), de 1996, que propôs a Reforma da Educação Profissional e, dessa forma, passou a organizá-la como modalidade capaz de perpassar os níveis básico e superior da Educação. Portanto, é oficializada pelo Ministério da Educação (MEC) e possui Diretrizes Curriculares Nacionais aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação.
Muitos confudem o "Tecnólogo" com o "Técnico", porém a Graduação Tecnológica é mais abrangente, uma vez que, além de conhecimentos das técnicas - como fazer - essa formação oferece a base teórica - porque fazer. Conforme o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, disponível no site do MEC, os tecnólogos são "profissionais de nível superior com formação para a produção e a inovação científico-tecnológica e para a gestão de processos de produção de bens e serviços”.
Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a organização e o funcionamento dos cursos superiores de tecnologia.
PORTARIAS DE AUTORIZAÇÃO DOS CURSOS
Sistemas para Internet
Portaria do MEC Nº 91 – 18/03/2008 -  DOU de 19/03/2008
Marketing
Portaria do MEC Nº 91 – 18/03/2008-  DOU de 19/03/2008
Processos Gerenciais
Portaria do MEC Nº 91 – 18/03/2008-  DOU de 19/03/2008
Redes de Computadores
Portaria do MEC Nº 201– 18/03/2008-  DOU de 06/05/2008